sábado, 8 de junho de 2019

RESUMO DO LIVRO A BELEZA SALVARÁ O MUNDO


O livro narra a visão de três escritores e poetas, sobre a “Beleza” em relação á Arte, são escritores que relatam essa beleza; porém; suas buscas com muito sofrimento e tragédias.

Oscar Wilde, Rainer Maria Rilke e Marina Tsvetaeva, situaram essa aventura no íntimo de suas existências, insatisfeitos em criar obras inesquecíveis, colocaram suas vidas a serviço do belo e da perfeição. Essa busca, porém, os conduziu a decadência física e psíquica, a depressão profunda e ao suicídio.       

Assim diz Wilde (Oscar Wilde – Escritor e Poeta), a respeito da beleza: todo artista é escravo da beleza, o verdadeiro artista é um homem que crê absolutamente em si mesmo, porque ele é absolutamente “si mesmo”.

Portando, o artista verdadeiro não é simplesmente aquele que se dedica por inteiro a criação de suas obras; é aquele que organiza a sua própria vida de certa maneira, que chega ao ponto de viver suas obras, e coloca o mundo exterior com acordo com seu eu.   

“Os homens devem imitar os artistas, não produzindo obras; mas tornando belas suas vidas. Wilde escreveu muito quando esteve na prisão (foi preso acusado de homossexualismo); ao sair da prisão teve muitas dificuldades para escrever.

Traído por seu amante Bosie (que publica a vida íntima de Wilde); e descobre que ele só se interessava pelos seus bens, desiludido ele se entrega a bebida, e morre aos 46 anos.

Rainer Maria Rilke foi o maior poeta do século XX. Certa vez Beethoven menciona a Rilke e Rodin: “não tenho amigos, devo viver sozinho comigo mesmo, mas sei que em minha arte Deus está mais perto de mim do que dos outros.

Segundo Rilke, a arte de escrever tem a virtude de provocar a comparação que se impõe a transfiguração do mundo pelo intermédio da arte. 
  
O trabalho no que diz respeito Rilke, não é apenas a de um escultor ás voltas com a argila, ou de um pintor diante seu cavalete. É o trabalho que permite ao Artista captar de forma mais aguçada sua própria interioridade, ele então se apossa dessa ideia para usá-la como base em suas concepções sobre Arte.    

“O Artista é aquele a quem cabe, a partir de numerosas coisas, fazer delas uma só, e a partir da menor parte de uma só coisa, fazer o mundo. Rilke se casa, tem várias amantes; uma das últimas amantes adoece o deixando transtornado; com depressão passou por casas de repouso e sanatórios, contraiu leucemia. Para Rilke “a “Arte” é capaz de superar até o amor”.    

Marina Tsvetaeva se casa tem duas filhas, uma vida com muitas dificuldades, uma das filhas morre; tem vários amantes e um de seus amantes foi Rilke. Assim escrevia Tsvetaeva: “Toda arte, qualquer que seja a faceta do mundo que ela faz viver, seja a mais sombria, a mais caótica, é um elogio da ordem, da forma e do sentido”.

O que valeria da poesia se fosse apenas uma bela combinação de palavras. “Os Poetas são necessários aos deuses para traduzir suas mensagens”; a poesia é a língua dos deuses, os deuses não falam, os poetas falam por eles.         

Wilde, Rilke e Tsvetaeva, queriam viver com um absoluto escolhidos por eles próprios, em vez de se contentarem com aquele proposto pela tradição ou pela sociedade contemporânea. A esse projeto geral interpretações diferentes: A decadência física e psíquica de Wilde. A longa e dolorosa depressão de Rilke.

O impasse político e pessoal que conduziu Tsvetaeva a suicídio. Os três acreditavam chegar ao absoluto pela força de sua obra, eles quiseram desafiar os deuses e organizar eles próprios sua existência.           

Eles não alinhavam vida e Arte e sim Arte e vida não importavam pelo que passavam, jamais deixaram de ver e acima de tudo descrever a “Beleza”. A Arte é o encontro da sensível e do inteligível, do material e do espiritual; assim ela se torna uma representação do “Infinito” como Deus, a beleza designa o absoluto, no contato com as belas artes, mesmo mencionando: “O mais difícil ainda é a Arte de viver”.         

Três Escritores que fazem da Arte suas vidas, deixando suas vidas o conduzirem ao destino final, sofrem, ama, enlouquecem; mas, no sofrimento é que descobrem “A BELEZA SALVARÁ O MUNDO”; o tempo passa e a arte permanece, seja na loucura dos grandes poetas, no pincelar de gênios, na arte moderna, não importa, o que importa é que essa beleza jamais se perca que o homem saiba conduzi-la.     

O papel reservado a Arte e poesia, encarnação exemplar do belo, não significam que damos as costas ás outras atividades humanas.   

O que é necessário no hoje é passar para os jovens essa beleza, fazê-los enxergar, entender e admirar a beleza arte, ensinar além da arte a sua beleza, a sua essência.

Hoje nos preocupamos com suportes modernos, técnicas avançadas, materiais de primeiro e nos esquecemos do principal, que seria a essência; e neste livro encontramos um pouco dessa essência, ou seja, a “Beleza”.   

Quer aprender um pouco mais sobre este livro veja abaixo o vídeo:







Tags: Le Livros, Livros, Evangelho Do Dia, Livros Online, Dia Do Livro, Livraria, Melhores Livros, Livros Para Ler, Livros Online Grátis.   

Acesso rápido ao resumo do livro Anjos e Demônio




Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMO FAZER UMA MONOGRAFIA

Se você está próximo a se graduar e se apresenta bastante temerário no que se refere a conclusão do Trabalho de Conclusão de Curso ,...